Aga Khan. Visita pode render até 250 milhões de euros a Portugal

FOTO AKDN

 

Em Lisboa há dois dias, os mais de 45 mil ismaelitas vão gastar muito dinheiro até dia 12

s contas já estão feitas. Os mais de 45 mil fiéis xiitas ismaelitas que acompanham em Lisboa a semana de encerramento do Jubileu de Diamante do príncipe Karim Aga Khan vão deixar em Portugal entre 123 a 252 milhões de euros. A maioria dos visitantes chegou ontem e vai ficar até depois de dia 12, data do encerramento da cerimónia. Vêm principalmente dos Estados Unidos, Canadá e Reino Unido, mas também de Espanha e de outros países europeus bem como do resto do mundo.

Toda a Feira Internacional de Lisboa (FIL), Pavilhão de Portugal e Altice Arena estão alugados durante seis dias e esperam-se entre 40 a 60 mil espectadores para todas as atividades organizadas para a festa. Artistas são ao todo 700. Entre as exposições, o festival de cinema e os concertos a realizar durante a celebração, os ismaelitas presentes na capital do país dizem ainda querer conhecer Lisboa. Fazem parte da classe alta e média-alta (76%) e estão dispostos a pagar por noite 100 a 150 euros, por transportes por dia entre 30 a 50 euros, e entre 80 a 100 euros dia por refeição, no que respeita a compras o orçamento é mais alargado e prevê-se que gastem entre 200 a 300 euros por dia. As faixas etárias são múltiplas, mas acentuam-se aqueles que viajam em família. Tudo somado, por dia, cada fiel gastará durante a estadia entre 2050 mil e 4200 euros.

A cidade de Lisboa terá a ganhar em várias vertentes. Desde logo no alojamento, sobretudo em hotéis mas também em casas alugadas e em Airbnb, terá a ganhar ainda nos transportes. Estes visitantes utilizam táxis e Uber, alguns o metro. Comem em restaurantes e frequentam muitas lojas mas também supermercados.

O investimento direto associado à logística de toda a operação aponta para os 15 milhões de euros e será gasto no aluguer dos espaços (Altice Arena, FIL, Pavilhão de Portugal e Cinemas Vasco da Gama), no cachê dos artistas, que inclui viagens e estada, na comunicação e marketing e em custos outros. No Parque das Nações tudo estará em festa. Só para termos uma ideia, o programa International Arts Festival, que visa celebrar a arte e tradições culturais da comunidade, traz a Lisboa pintura, arquitetura, cinema, dança, música e teatro. Às artes e à cultura juntam-se a partir de dia 11, as grandes cerimónias religiosas que ocuparam o Pavilhão 1 da FIL.

Source :

expresso

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


7 + four =