Barcelos. Suspeito de quatro homicídios fica em prisão preventiva

Source: The Internet/Expresso

 

Adelino Briote, o suspeito de ter matado quatro pessoas na sexta-feira em S. Veríssimo, Barcelos, entre as quais uma grávida, vai ficar em prisão preventiva.

A medida de coação foi decretada este sábado pelo Tribunal de Braga, depois de o suspeito de 63 anos ter sido submetido a interrogatório. Adelino Briote está acusado de quatro crimes de homicídio qualificado.

Segundo informação avançada por vários órgãos de comunicação social, Adelino Briote recusou-se a responder às perguntas do juiz de instrução criminal do Tribunal de Braga. Antes, já se recusara a falar com os inspetores da Polícia Judiciária. No entanto, e de acordo com a informação avançada pelo comandante do destacamento da GNR de Barcelos, o homem terá confessado os crimes.

O suspeito terá matado quatro vizinhos com uma arma branca, entregando-se depois às autoridades. As vítimas são um casal de 84 anos (ele) e 80 (ela), uma mulher de 62 anos e outra mulher de 37 anos, grávida de sete meses.

O alegado autor do quádruplo homicídio já teria prometido vingar-se dos vizinhos que testemunharam contra ele ou que se recusaram a depor em seu abono num processo em que foi condenado por violência doméstica. Como explicava detalhadamente aqui o Observador, Adelino nunca aceitou o divórcio. Já tinha agredido violentamente a sogra e a filha grávida com um ferro, por não estarem do seu lado. A família fugira para o estrangeiro, para escapar da ira de Adelino. Os vizinhos foram o alvo.

 

 

Source: Observador

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


9 − 8 =