Diarista anuncia venda de cabelo na web para comprar material escolar dos filhos

Source: Internet

 

Após ser demitida do emprego de doméstica, Marilda Lobato, de 36 anos, se viu desesperada diante das contas. A mulher chamou a atenção de internautas ao anunciar a venda do próprio cabelo nas redes sociais para comprar material escolar para os quatro filhos que moram com ela, em Macapá.

“Estou há dois meses desempregada e tenho quatro filhos para criar. A situação está difícil e cada vez mais as coisas ficam mais caras. E no momento de desespero, vender meu cabelo foi a forma que achei para tentar conseguir algum dinheiro”, relatou.

A postagem foi feita no dia 15 de fevereiro, em diferentes grupos de vendas no Facebook. Ela pretente vender três palmos de cabelo por R$ 500. Em uma das publicações o alcance teve mais de mil reações e 370 compartilhamentos, até a última atualização desta reportagem.

Marilda não é mais casada com o pai dos filhos: João Vitor, 16 anos; Janaína, de 14; Juliana, de 12, e José Vinícius, de 10. Ela tem sustentado a casa fazendo diárias e com a ajuda do atual marido, que recebe um salário-mínimo.

A amapaense conta que recebeu muitas mensagens de apoio de internautas, mas também críticas que a deixaram abalada. Apesar dessa situação, Marilda ressalta que tem a força da família para continuar sonhando com uma vida melhor.

“Já fui muito criticada por pessoas que não conhecem a minha situação. Falaram que era apenas para chamar a atenção. Eu não disse pra ninguém sobre essa escolha. Meu marido até se assustou quando viu. Mas, no momento de dificuldade, meus filhos são minha prioridade”, disse Marilda.

A diarista comenta que não corta o cabelo há dois anos e o mantém livre de químicas. Segundo ela, voltar a ter mechas mais curtas é dos sacrifícios que vai fazer para ajudar na educação dos filhos.

“Eu abri mãos de muitas coisas pelos meus filhos, uma delas foi o estudo. Mas eu quero que eles tenham educação e um bom futuro pela frente. Meu objetivo é que tenham orgulho das coisas que fiz por cada um. Só quero o bem deles”, continuou.

A família mora de aluguel em uma área de periferia localizada no bairro Pedrinhas, Zona Sul. Aluguel, comida, roupas e outras despesas têm sido preocupações que tiram o sono de Marilda. Para ela, a formação dos filhos é o que pode trazer uma melhoria para todos.

“Tenho aluguel e muitas contas para pagar. Não tenho vergonha de falar que já passei fome, mas jamais vou abandonar meus filhos. Deus me deu o privilégio de me dá eles para cuidar, então é o que vou fazer enquanto eu tiver saúde”, finalizou a diarista.

Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o VC no G1 AP ou por Whatsapp, nos números (96) 99178-9663 e 99115-6081

Source :

Globo

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


two × five =