Retenção de macas no HE comprometeu 600 atendimentos em 2017 no AP, diz Samu

Source: Internet

 

A retenção das macas de ambulâncias no Hospital de Emergências de Macapá (HE), único pronto socorro do estado, comprometeu ao longo de 2017 mais de 600 atendimentos do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu). Por falta de leitos disponíveis na unidade, os socorristas tem que deixar o equipamento para acomodação do paciente no HE.

O alto número de atendimentos comprometidos foi informado pela coordenação do órgão na capital. Na sexta-feira (6), os profissionais realizaram um ato em frente a unidade de saúde, alertando para a retenção das macas, que teria acontecido 117 vezes só este ano.

A direção do HE informou que as macas permanecem na unidade em função da alta demanda de pacientes no pronto socorro, e são devolvidas à medida em que há liberação de leitos. Durante o ato dos socorristas, cinco macas foram devolvidas para as ambulâncias.

 A coordenadora de enfermagem do Samu na capital, Darlene Araújo Lobo, explicou que o serviço possui atualmente 30 macas e cinco ambulâncias. Mesmo assim, a alta demanda de permanência no HE atinge os equipamentos usados para salvamento e resgate.

“Isso influencia o nosso trabalho, porque a população liga e a gente fica sem ter o que fazer se elas estão retidas. Compramos novas macas, mas quanto mais a gente comprar, mais elas ficarão. De janeiro a setembro desse ano, as macas ficaram retidas 117 vezes, sendo que em agosto, teve maca que ficou 24 dias por lá”, lembrou a coordenadora.

No Hospital de Emergências, atualmente são 80 pacientes internados para 31 leitos na clínica médica, e a direção da unidade explica que é necessário manter o equipamento para garantir o atendimento aos enfermos, contou Ingride Reis, gerente do Núcleo de Serviços Técnicos.

“O nosso gargalo aqui é a acomodação, mas o atendimento está sendo realizado. Quanto às macas, não tem onde o paciente ficar e muitas vezes ela é retida. Quando conseguimos dar a alta, a prioridade é devolver para o Samu, tanto que já devolvemos cinco”, detalhou Ingride.

Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o VC no G1 AP ou por Whatsapp, nos números (96) 99178-9663 e 99115-6081.

Source :

Globo

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


1 + 15 =