2° dia de Aulão na Rede tem ‘shows’ de professores nas aulas de matemática, história e geografia

Source: Internet

 

O último dia do intensivão pré-enem da Rede Amazônica, o Aulão na Rede, foi marcado não por aulas, mas por ‘shows’ dos professores Alcinei Fonseca (matemática), Youssef Cavalcante (geografia), Thalles Gomes (geografia), Lorismar da Silva (história) e Célio Leandro (história). A revisão de conteúdo foi nesta terça-feira (31) em Porto Velho.

O grande destaque do segundo dia de evento foi o professor Lourismar da Silva que, travestido de Josef Stalin e com uma imensa bandeira da antiga União Soviética, marchou em meio aos estudantes antes de ministrar aula sobre os 100 anos da Revolução Russa.

“Achei muito interessante a didática utilizada pelo professor, prendeu a atenção dos alunos”, elogiou a estudante Amanda Gabriela, da escola Tiradentes, de Jaci-Paraná.

O ciclo de aulas foi aberto pelo professor Alcinei Fonseca, mais conhecido como professor Neizinho, que deu dicas sobre probabilidade, estatística, porcentagem, gráficos, função, escala, aritmética e geometria.

“São assuntos complexos, mas ele transformou a aula em algo agradável e de fácil compreensão”, comentou a estudante Amanda Gabriela, que fará o Enem para concorrer a uma vaga no curso de direito. “O Aulão é uma iniciativa muito válida”, avaliou.

A segunda aula, da discipolina geografia, foi ministrada pelos professores Thalles Gomes e Youssef Cavalcante. O destaque foi para a questão da industrialização e os impactos para as áreas rurais e urbana. Passeando por vários outros temas, os professores convidaram duas estudantes para responder questões no palco e as presentearam com dois livros.

“É uma forma de envolver o aluno e manter o interesse dele no assunto”, explicou o professor Youssef. A aula foi finalizada com apresentação do cantor Augusto Feitosa.

A terceira aula foi ministrada por Lorismar da Silva. O encerramento ficou a cargo do professor Célio Leandro, ambos trabalharam assuntos dentro da disciplina de história.

“São aulas que vêm complementar os trabalhos que já temos desenvolvido na escola, nos intensivos”, destacou o estudante João Pedro Onofre, que pretende fazer o Enem para concorrer a uma vaga no curso de matemática.

Source :

Globo

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


1 × one =