Nova adutora do sistema Italuís ainda não tem data para funcionar no Maranhão

Source: Internet

 

Durante todo o dia, 61 escolas da rede estadual de ensino cancelaram as aulas pela falta de água em São Luís. , segundo a Secretaria de Estado da Educação. Além da suspensão nas aulas, a população precisou usar baldes para coletar água em poços para garantir água em casa.

No bairro São Francisco, a dona de casa Concita Cantanhede afirmou que foi necessário esperar mais de 2 horas na fila para abastecer os baldes. “Deve ser uma cinco ou seis viagens que a gente faz para pegar água, se não ficamos sem água” reclamou a dona de casa.

A causa foi uma falha na nova adutora do sistema italuís. Em coletiva à imprensa, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) explicou que houve uma ruptura na nova adutora gerada por problemas em uma peça responsável pela flexibilidade operacional que não teria sido testada antes da instalação.

Kellem Kalli, diretora da empresa Menps, que fabricou a peça, disse que a peça é utilizada para permitir o uso de diferentes linhas no abastecimento de água. “Funciona como se fosse um trem, a bifurcação de um trem. Ela vem exatamente permitir que a gente tenha essa flexibilidade de usar uma linhas. Dá mais garantia da obra e do abastecimento de água”, explicou a diretora.

Carlos Rogério, presidente da CAEMA, afirmou que, dadas as circunstancias, foi necessário reutilizar a tubulação antiga do sistema Italuís, de forma gradual. “Essa peça foi retirada e nós voltamos a interligar o sistema da forma como ele era outrora, só pela adutora velha”, declarou.

Até o momento, a nova adutora não tem prazo pra voltar a funcionar e o laudo técnico que deve mostrar o que aconteceu com a peça deve sair em 15 dias. A policia fez uma perícia na nova adutora. De forma preliminar, foi descartada a possibilidade de alguém ter ido até o local para danificar o equipamento.

“Até o momento não se detectou nenhuma ação externa que pudesse ter provocado a naquela tubulação. Nós ainda estamos em fase de exame para, inclusive, verificar a resistência daquele material’, declarou o superintendente da Policia Científica, Miguel alves.

Entenda o caso

Na quarta-feira (6) passada foi iniciada para a instalação de 19 Km de tubulação para a nova adutora do Sistema Italuís, que atualmente abastece 600 mil pessoas em 159 bairros da capital. Por conta da obra, a parte de São Luís que é abastecida por esse sistema ficaria sem água por 72 horas.

Porém, um vazamento registrado na noite de sábado (9), em Periz de Baixo, na nova adutora do sistema Italuís, manteve os bairros sem abastecimento de água. Como forma de driblar a situação de forma momentânea, a CAEMA está reutilizando a tubulação do antigo sistema Italuís para o fornecimento de água na cidade.

Source :

Globo

Be the first to comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.


*


19 − 19 =